Eletromiografia - EMG

11/07/2010

Material a ser analisado: registro eletromiográfico.

Tempo necessário para obter o material: 30 a 60 minutos.

Finalidade:
a eletromiografia é empregada para auxiliar no diagnóstico de lesões ou compressões nervosas e outros problemas neuromusculares.

Preparação prévia:
o paciente deve ser orientado sobre a natureza do procedimento, ajudando a evitar interferências.

Resultados:
nas doenças neuropáticas: um potencial de ação com amplitude duas vezes maior que o normal (devido ao aumento do número de fibras por unidade motora, decorrente da reinervação), aumento da duração do potencial de ação e diminuição do número de unidades motoras musculares. Nas doenças miopáticas, podem ser observadas as seguintes características EMG: diminuição na duração do potencial de ação, diminuição da razão área / amplitude do potencial de ação, e diminuição do número de unidades motoras musculares (apenas em casos extremamente severos). Obviamente, devido às características individuais de cada paciente, algumas destas características podem não ocorrer em todos os casos.

Valores normais:
em repouso, o tecido muscular normal é eletricamente inativo. Uma vez cessada a atividade elétrica causada pela inserção das agulhas, o eletromiógrafo não deve detectar qualquer atividade espontânea anormal. Quando o músculo é contraído voluntariamente, começam a surgir os potenciais de ação. A medida em que a força de contração é aumentada, mais e mais fibras musculares produzem potenciais de ação. Quando o músculo encontra-se completamente contraído, deverão ser observados grupos desordenados de potenciais de ação com ritmos e amplitudes variadas (padrão de interferência e recrutamento completo).

Valores alterados podem ocorrer em:
pessoas portadoras de doenças neuropáticas, tais como ciatalgia, síndrome do túnel do carpo, distrofia muscular, esclerose lateral amiotrófica, miastenia grave, neuropatia alcoólica, doença de Charcot-Marie-Tooth, dermatomiosite, ataxia de Friedreich, doença de Guillain-Barre, síndrome de Lambert-Eaton Syndrome, doença do neurônio motor, poliomielite, polimiosite e bruxismo, entre outros.

Tempo requerido para obter os resultados:
30 a 60 minutos.

Segurança dos resultados:
boa.

Drogas que podem alterar os resultados:
miorrelaxantes, distúrbios hidroeletrolíticos graves e anestésicos de um modo geral.

Fontes:
- Manual de exames: Instituto de Patologia clinica Hermes Pardini 2003/2004
- A clínica e o laboratório - Alfonso Balcells Gorina, Medsi Editora 1996
- Henry: Clinical Diagnosis and Management by Laboratory Methods, 20th ed., 2001.

Seu nome*:
Seu e-mail*:
Destinatário*:
E-mail*:
Mensagem:
* Campos de preenchimento obrigatório

voltar

Atmosfera Feminina - Um serviço Sanofi
Av. Major Sylvio de Magalhães Padilha, 5.200 - Ed. Atlanta, Jardim Morumbi - São Paulo, SP - CEP: 05693-000 SAC: 0800-703 0014 (de 2ª à 6ª feira das 9 às 17 hs)

Nosso conteúdo serve para seu conhecimento e informação. Em caso de dúvida, procure sempre seu médico para orientá-la quanto ao melhor tratamento e conduta.

Copyright © 2005-2014 Sanofi. Todos os direitos reservados. Última atualização: 31/10/2014