Pernas inchadas na gravidez e cuidados

Da Redação, em 09/09/2013
 

O inchaço das pernas durante a gestação é uma prova de que nem tudo o que é comum pode ser considerado normal e dispensa atenção. “Apesar de ser natural, essa alteração nos membros inferiores aumenta em até seis vezes as chances de a grávida desenvolver trombose venosa profunda em comparação a uma mulher saudável que não está esperando bebê. E esse risco de coagulação é maior do terceiro trimestre de gravidez até seis semanas depois do parto, especialmente entre aquelas que têm histórico familiar de trombose, fizeram reposição hormonal ou usaram anticoncepcionais orais”, diz o angiologista e cirurgião vascular Adilson Toro Feitosa, do Hospital Badim, no Rio de Janeiro.

Tudo isso justifica a importância de fazer o pré-natal. “As visitas regulares ao obstetra permitem que ele identifique rapidamente qualquer anormalidade e, se preciso for, encaminhe a gestante ao angiologista, para confirmar a possibilidade de ela ter uma trombose venosa profunda”, fala Adilson. Caso a também chamada TVP seja confirmada, pode ser necessário usar medicamentos anticoagulantes, que não afetam em nada a saúde da futura mãe e de seu bebê. “Vale ressaltar que boas formas de prevenir o inchaço e a trombose são fazer caminhada, hidroginástica ou natação regularmente, elevar as pernas sempre ao sentar ou deitar, fazer drenagem linfática uma ou duas vezes por semana e usar diariamente meias elásticas de compressão do seu tamanho, ou seja, nem largas, nem apertadas demais”, completa o médico.

Por que a perna incha?

À medida que o feto e o útero crescem, o volume sanguíneo aumenta, bem como a compressão das veias da pelve e do abdome, que ainda ficam dilatadas por causa da maior produção de hormônios. Com isso, o retorno do sangue das pernas para o coração fica mais difícil e o corpo retém mais líquido.
 
 
X

A Sanofi não controla o conteúdo publicado neste website ou banco de dados. O uso e acesso a essas informações estão sujeitos aos termos, limitações e condições definidas pelo autor do site ou banco de dados.

Deseja prosseguir?

OK Voltar ao Atmosfera Feminina Acessar o site escolhido